Microbioma aplicado à agricultura

O Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Climáticas (cE3c) e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa) co-organizam com as empresas Agromarketing e Ideagro um workshop inédito sobre a aplicação de microrganismos à agricultura. O workshop terá lugar a 25 de março na Fundação Aga Khan, entre as 9h00 e as 19h00.

No âmbito da iniciativa Lisboa Capital Verde Europeia 2020, o Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Climáticas (cE3c) e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa) co-organizam com as empresas Agromarketing e Ideagro um workshop inédito sobre a aplicação de microrganismos à agricultura. Neste evento serão apresentados os resultados das últimas investigações, com vista a diminuir a adição de fertilizantes sem afetar a produção. Este evento vai ocorrer na Fundação Aga Khan, a 25 de março das 9h00 às 19h00. Direcionado a investigadores, técnicos de empresas, gestores agrícolas, produtores e estudantes, pretende ser um fórum de discussão e convívio. A par da informação científica haverá espaço para convívio, discussões parcelares e estabelecimento de parcerias.

A produção agrícola está dependente da qualidade do solo e em particular da sua comunidade biológica, não visível, o microbioma. De acordo com o Pacto Ecológico Europeu há a necessidade de se criar capacitação técnica em direção a bons padrões de biodiversidade, tendo por base a gestão sustentável do solo. Nesse sentido é necessário desenvolver mais conhecimento sobre as interações entre biodiversidade ao nível do solo e produção. A rega e intensificação da fertilização têm sido a prática corrente quer ao nível das áreas rurais quer mesmo em zonas de jardins e parques urbanos. Urge estabelecer mecanismos que propaguem o conhecimento científico sobre a importância do saber gerir a biodiversidade do solo. As práticas intensivas de agricultura e silvicultura mecanizadas provocam o esgotamento e a erosão do solo, compactando-o ou deixando-o exposto. Sendo o solo o pilar da nossa sociedade é necessário mostrar aos gestores agrícolas, agricultores e proprietários como se pode explorar de forma sustentável o solo conscencializando-os para a adequada gestão da sua biodiversidade.

Este evento, organizado pela investigadora Cristina Cruz (cE3c-FCUL), resulta de uma parceria estabelecida entre o cE3c – FCUL com o Microbioma, fórum internacional de microrganismos na agricultura, a Agromarketing, empresa de eventos espanhola, e a Ideagro, empresa também espanhola dedicada ao sector agro-alimentar. A Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO) junta-se também à organização, divulgando-o e disseminando em prol da gestão sustentável dos ecossistemas.